Jornada de solidariedade internacional: 4 dias de re-encantamento

A Teia de 5 Curas é uma rede internacional de povos Indígenas (Brasil, Peru, México e Canadá) que trabalha pela cura da nossa relação com a mãe terra. De 24 à 27 de outubro a Teia está organizando uma jornada internacional de solidariedade com as lutas dos povos Indígenas brasileiros pelo direito à vida, à identidade e aos seus territórios tradicionais. Essa jornada enfoca o fortalecimento espiritual para o julgamento do caso de reintegração de posse contra o povo Xokleng que vai ocorrer no dia 28 de outubro e que terá repercussão geral em todas as comunidades indígenas no Brasil. Para saber mais sobre o caso: https://youtu.be/hc0Dq-PKv8o 

Notícia de última hora: Na noite de 22 de outubro de 2020, o presidente do STF, Luís Fux, decidiu retirar da pauta de julgamento o Recurso Extraordinário 1.017.365. Há diferentes influências e interesses por trás desta decisão (+info: https://bit.ly/31Dlx8y). Se por um lado ela dará ao governo chance de fortalecer a composição do ministério para avançar ainda mais severamente com pautas contra os povos indígenasela também nos dá mais tempo para organizar nossas resistências. As comunidades da Teia de 5 Curas confirmam que seguirão com a jornada solidária, conforme planejado.

Em cada dia da jornada, uma das comunidades da Teia vai liderar uma vivência de rezo, canto e dança ancestral para conexão, limpeza  e fortalecimento de espírito. 

Os encontros acontecerão de 24 à 27 de outubro, nos seguintes horários:    

24 Out – 11h (hora de Brasília) Huni Kui – assista aqui a gravação

25 Out – 11h (hora de Brasília) Fulni-ô – assista aqui a gravação

26 Out – 20h (hora de Brasília) Pitaguary

27 Out – 20h (hora de Brasília) Tremembé

*Se estiverem acompanhando de fora do Brasil façam atenção à mudança de horário no dia 25Out. (calculador de fuso horários disponível aqui)

Acompanhe ao vivo pelo canal do YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=riKOrThChl4

As vivências serão experienciadas sem conversa, nem tradução. A conexão vai ser feita pelo corpo, pelo coração, pelas maracás e tambores, pela terra, pelos sentidos, pelos encantados e pelos ancestrais. Estarmos juntos, apesar da distância, é a parte principal da cura dos pensamentos, dos sentimentos, das relações, das trocas e dos ritmos e ciclos da mãe terra. 

Durante este período estaremos arrecadando fundos para garantir acesso à internet às aldeias mais vulneráveis da Teia localizadas na amazônia. O acesso à comunicação rápida tem sido muito importante para a defesa frente a invasões territoriais potencialmente violentas, que podem  se intensificar após as decisões de 28 de outubro. Acesse aqui as campanhas de arrecadação de fundos: Vakinha (para doações nacionais) e Go Fund (para doações internacionais) 

A jornada de re-encantamento anuncia que chegou a hora de todos e todas assumirmos nossas responsabilidades políticas e espirituais uns com os outros, com os povos indígenas e com a terra como entidade viva e mãe de todos nós. Não se trata de nos centrarmos como aliades, mas sim de um convite para testemunharmos, nos conectarmos e mantermos vigília. Chegou a hora de lembrar o sentido mais profundo da frase “todos nós somos parentes”.

A Teia das 5 Curas está associada aos coletivos Gestos Rumo a Futuros Decoloniais e Terra Adentro.  https://decolonialfutures.net/solidariedade/ | https://blogs.ubc.ca/teiadas5curas/ | bit.ly/terra-adentro 

IG @solidarity.journey